Naiá Delion

Núcleo AND Lab São Paulo

Coordenação de Núcleo AND

Naiá Delion iniciou-se na dança de rua com o bailarino Pedro Moreno. Em seguida, conheceu o trabalho do bailarino e coreógrafo Klauss Vianna, através de Marines Calori e Jussara Miller. Em 1999, transferiu-se do curso de Filosofia para o Curso de Comunicação das Artes do Corpo na PUC-SP. Lá, trabalhou como bolsista do programa de Iniciação Científica PIBIC-CEPE, em projeto orientado pela Profa. Dra. Christine Greiner, intitulado Imagens do corpo do artista no trânsito Brasil/Japão. Fez workshops com João de Bruçó (Performing Body Improvisation), Limon e Joss-Leder com Dulce Pessoa, Body Mind Centering com Rose Akras, Dança-Teatro com Ruth Amarante e Jorge Puerta Armenta (Cia. Tanztheater Wuppertal Pina Baush) e Dança Contemporânea com Piotr Torzawa Giro (Cia. Ultima Vez). Ainda em São Paulo, formou-se em Reeducação do Movimento pela Escola Ivaldo Bertazzo, e estudou dança clássica com a bailarina Zélia Monteiro, com quem também desenvolveu seus primeiros estudos em improvisação. Em 2005, apresentou seu primeiro trabalho solo no evento Teorema, intitulado Mil olhos e movimentos que passam, onde pesquisou motivada pela relação visível/invisível. Em 2006, residiu em Paris, onde fez aulas de dança contemporânea e Feldenkrais, na École Peter Goss e Ménagerrie de Verre. Em 2007, mudou-se para a cidade do Rio de Janeiro, e formou-se no curso Técnico de Bailarino Contemporâneo da Escola e Faculdade Angel Vianna/RJ. Neste período, conheceu o Movimento Autêntico, através da professora Soraya Jorge, trabalho no qual tem se aprofundado desde 2009. Participou de residências com Janez Jansa, Dani Lima, Marcela Levi, Cristian Duarte e Thelma Bonavita (Desaba) e Paz Rojo (LOTE). Em 2009, foi bolsista do programa Colaboratório, tendo participado da mostra de processos com o projeto “Nosso corpo é um mundo cheio de criaturas que também mereciam existir”, criado em colaboração com Fernanda Eugenio e Astrid Toledo. Durante os anos de 2010 e 2011, trabalhou no solo de dança “Use o assento para flutuar”, criado em parceria com o bailarino Volmir Cordeiro, pelo qual recebeu o Prêmio Funarte Klauss Vianna de Dança 2010 – Categoria Circulação de Espetáculos. Em 2012, recebeu o apoio do Programa de Intercâmbio e Difusão do Ministério da Cultura (Brasil) para a realização de uma residência assistida no AND_Lab em Lisboa. Durante a residência, trabalhou na criação de uma vídeo-perfomance,intitulada “An unexpected realization realizes a delay”, exibido nos Pontos de Cultura Lira de Ouro e Centro de Artes da Maré, na cidade do Rio de Janeiro, em junho de 2013. Desde 2014, actua também como professora de Pilates. Faz parte do Processo Formativo do Movimento Autêntico e organiza encontros de Modo Operativo AND, em São Paulo.

Página Inicial
Sobre o AND Lab
A Escola do Reparar
Acervo da Escola do Reparar
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Vimeo - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Fernanda Eugenio, 2020

Todos os Direitos Reservados

Contato
Assinar a lista de emails