CRAFTING

RESIDÊNCIAS ASSISTIDAS

O Programa Crafting | Residências Assistidas acolhe artistas e investigadores que desejem aplicar as ferramentas do Modo Operativo AND a projectos de criação, investigação ou mediação, dedicados à questão transversal da pesquisa de novas formas de vida emergentes do encontro entre diferenças, na interface entre ética, estética, política e comunidade. O programa recebe candidaturas em permanência, a qualquer altura do ano, e é aberto a proponentes individuais ou em grupo, de quaisquer áreas de actuação.

 

Cada projecto é acolhido por um período de 1 a 3 meses, para uma residência desenhada à medida das suas necessidades, e é assistido num acompanhamento one-to-one por Fernanda Eugenio. Focado em facilitar o afinamento da formulação e da execução de um trabalho em andamento, este programa procura fazer da situação-residência um espaço para a carpintaria artesanal das questões singulares de cada proponente. Desviando da lógica da solução e da função directiva do orientador, o acompanhamento consiste em auscultar, em conjunto com cada residente, o afecto-motor de cada projecto. As ferramentas do Modo Operativo AND, numa dimensão artesanal, são utilizadas no mapeamento, explicitação e re-materialização do afecto, trabalhando assim em sustentar o projecto na zona intervalar do ‘como não ter uma ideia’ proposta pela abordagem AND.

 

A residência pode incluir, conforme as necessidades do projecto e a disponibilidade de agenda no período escolhido:  

  • alojamento (ou apoio para encontrar alojamento acessível na cidade);

  • espaço de trabalho em estúdio/sala de ensaio em regime partilhado (aquando da presença de mais residentes);

  • oficina de introdução ao Modo Operativo AND (para proponentes que não tenham ainda familiaridade com a ferramenta) ou oficina de aplicação e desdobramento artesanal do Modo Operativo AND;

  • sessões de acompanhamento semanais ou quinzenais com Fernanda Eugenio 

  • apoio à divulgação das actividades do projecto e respectiva inserção nas redes locais durante a temporada em Lisboa;

  • organização de um momento público de partilha do processo;

  • possibilidade de integração de actividades na nossa programação (palestra, oficina, sessão aberta, etc.);

  • acesso à programação a decorrer no AND Lab no período da residência. 

Ressaltamos que não há obrigação de apresentar qualquer tipo de resultado final, sendo tais iniciativas opcionais.

O AND Lab emite os documentos necessários para a apresentação das candidaturas a linhas de financiamento para a viagem, e fornece apoio na obtenção de visto português (quando necessário) e na instalação na cidade durante o período de residência.

 

Para submeter uma candidatura, por favor encaminhe os seguintes documentos para info@and-lab.org:

  • projecto de pesquisa (max.10pp), contendo: título, resumo e apresentação da proposta, objectivos para o período de residência, previsão de cronograma, número e periodicidade de sessões de acompanhamento pretendidas (entre 3 e 9), actividades públicas a realizar ao longo da residência (se aplicável) e (eventuais) necessidades específicas outras;

  • datas pretendidas (só podemos acolher um número limitado de participantes a cada vez, razão pela qual pedimos que sejam apontadas pelo menos duas alternativas de datas)

  • nota biográfica e currículo resumido;

  • carta de motivação para a realização do projecto em interlocução com as directrizes de pesquisa do AND Lab;

  • links para portfólio, vídeos, fotos de trabalhos anteriores e/ou materiais directamente relacionados com o projecto apresentado.

Fernanda Eugenio, 2018

Todos os Direitos Reservados

Neste site preferimos não usar a grafia pós-acordo ortográfico