ETNOGRAFIA COMO PERFORMANCE SITUADA

Coordenação: Fernanda Eugenio

 

A Etnografia como Performance Situada é uma pesquisa de longa duração dedicada aos usos da circunscrição etnográfica na operacionalização de proposições artísticas situadas. Esta pesquisa é desenvolvida pela antropóloga e artista Fernanda Eugenio desde 2005, tendo sido a primeira formulação do Modo Operativo AND, tal como é hoje praticado, a emergir já no campo da performance, desvio dos primeiros anos de formulação do AND, ainda no campo da antropologia académica. A Etnografia como Performance Situada envolve os dispositivos da Reparagem (Deambulação e Paragem) e do Reprograma (Trabalho de Mapas, Circunscrição, Enunciação e Imaginação). A partir da sistematização de um conjunto de proposições perceptivas para experimentar (com) o lugar, explorando os recursos simples do andar e do parar, desenha-se um convite à demora etnográfica enquanto Reparagem – via de investigação da performatividade já manifesta na vida quotidiana. A seguir, a partir do dispositivo do Reprograma, é possível percorrer recursivamente os Mapas do Quê-Como-Quando-Onde que permitem chegar, por derivação e consequência, a uma proposição situada, sintetizada numa única frase-força ou força-tarefa – a ser vivida e, então, consecutivamente reprogramada, num compromisso continuado de afinação com o lugar e o que já lá havia, em latência, para a performance do encontro. Mapeando os funcionamentos urbanos emergentes das relações entre geografia, arquitectura, uso e habitação, torna-se possível inventariar as brechas e os encaixes propiciados (ou não) pelas gradações público-privado e próximo-distante, e pelas variadas relações-tensão entre o coexistir e o conviver. Através desta prática, é da própria materialidade do quotidiano que se extraem os nexos relacionais e as questões e interfaces a serem manuseadas na criação in situ e na construção de performances do/no lugar.

O protocolo de criação emergente desta linha deu origem aos artefactos da Série Re-programas e da Série Palavras-Palestra e são a base utilizada por Fernanda Eugenio para orientar e acompanhar processos de criação no âmbito das Crafting | Residências Assistidas. Os procedimentos pedagógicos criados nesta pesquisa de longa duracão, além de serem a base do próprio Modo Operativo AND, foram e continuam a ser transmitidos por Fernanda Eugenio desde 2005 através de oficinas autónomas e/ou como professora convidada em diversos programas de formação (inter)nacionais em dança, performance, práticas urbanas, etc. No quadro do desenho actual do AND Lab, são partilhados sobretudo nas Escolas de Verão AND  e nos Laboratórios de Verão AND Brasil. São também explorados no Projecto Colaborativo de Fernanda Eugenio com Gustavo Ciríaco (City Labs) e na Oficina Colaborativa dele resultante (Práticas Site-Specific).

AND_LAB logotipo.jpg
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Vimeo - Círculo Branco

Fernanda Eugenio, 2020

Todos os Direitos Reservados

Neste site preferimos não usar a grafia pós-acordo ortográfico